quarta-feira, setembro 08, 2010

De alma limpa.



Lembra do meu rio de lágrimas?
Nesse momento tenho a vontade de usá-lo para lavar minh'alma, sim, lavar de toda dor, toda tristeza, todo amor não correspondido e do correspondido também,
Vou usar meu rio de lágrimas pra saciar minha sede de vida, não só a minha, mas daquelas pessoas que estiverem comigo na hora certa.
Claro que um dia ele vai secar, vai, mas eu já terei conseguido muito bem lavar-me de tudo que me feria antes, e assim agora, posso dizer:
Estou feliz, sou feliz.

Com a alma limpa tudo é mais claro, parece que aquele rio realmente precisava existir e que tudo está seguindo seu curso.
E por acaso só eles tem direto de lavar a alma?
Os rios são nossos de todos os dias, procure-o, no fundo você há de encontrá-lo, puro e límpido como as lágrimas que de ti cairam para fecundar a nascente.


Um comentário:

  1. Florzinhaaaaaaaaaaaa adoreiiiiiiii o q vc escreveuuuuuu sobre lavar a alma...Muito lindoooo!*-*

    Beijaum!

    ResponderExcluir