segunda-feira, outubro 11, 2010

Rachel.

Meu corpo jovem pede sossego, pede colo, meu corpo não tem mais forças.
Exaustão mental, é, talvez seja efeito dos anti-depressivos que tenho tomado todas as noites antes de dormir,
só eles me fazem dormir.
Não fará muita diferença se eu disser meu nome, não é? Mas eu preciso falar de mim mesma, pelo menos até achar que isso me fez sentir melhor.
Me chamo Rachel, tenho 19 anos, jovem demais pra chegar a esse ponto, não?
Mas é assim, nesse momento não há ninguém ao meu lado, preciso urgentemente de alguém, qualquer pessoa que me abrace e diga, tudo vai ficar bem.

Eu talvez não devesse estar aqui nessa sala, sozinha, com os pés pra cima, mas eu estou e por isso vou aproveitar o máximo, de uns dias pra cá eu venho perdendo cada vez mais de mim, o que as pessoas tem?, será que eu sou louca?
Não consigo entender onde estou exatamente, eu realmente estou aqui, eu sei que estou, mas não fisicamente falando, minha alma anda por caminhos nunca antes vistos.
Não sei, não acho que seja útil desabafar, é, realmente não é.
talvez eu volte.
um beijo, espero que você receba minha carta, eu ainda te amo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário