segunda-feira, novembro 01, 2010

Pra não me culpar.

Tu sabe o que me doí? Claro que não sabe, e nem vai saber se depender de mim.
Eu desisto, desisto de sonhar, desisto do amor, desisto de você, sabe por quê? Porque eu sou fraca, porque eu sou como cristal, quebro mais fácil do que se imagina.

Achei que tu pudesse me entender, afinal tu sabe a dor de quebrar, mas no lugar disso, tu me quebrou, tu foi a brisa que me fez cair, e eu me anulei, me perdi, não tenho mais salvação ou ultilidade.

Se você ao menos considerasse a importância que tu tem pra mim, se tu entendesse que eu sinto sua falta e que eu preciso de pelo menos um Oi sei no msn, não me incomodo que seja só um oi, mas eu preciso, se você não subestimasse o carinho que eu cativo, ah, se não...

Vi em você a luz, vi aquela paz que me faltava, vi ainda aquela dor em teus olhos, e quis ser teu abrigo, quis que meu ombro fosse meu repouso e que minhas mãos fossem tua calmaria, que meus olhos fossem tua inspiração e meu sorriso tua alegria.

Desejei com todas as forças que ela não te quebrasse ao meio, tentei evitar, você não me via, não me ouvia, nunca, e eu estava sempre aqui, até antes de ruir.

Gostaria então de ter um pouco só de ti, mas um pouco que me fosse oferecido, devotado, que fosse sincero e real, queria que tu estivesse pelo menos pra mim iluminado.

Eu sei que desisto fácil, mas é pra não sofrer.
Te desejo toda felicidade do mundo, e que ela possa te dar o amor que você nunca me deixou te dar.

E para não ficar me culpando pra sempre, deixo contigo o mais sincero EU TE AMO, o mais caloroso dos meus beijos e minha saudade.

2 comentários:

  1. E um pouco mais de auto-estima e amor proprio são sempre importantes para superarmos as dores que a paixão nos causa... Linda declaração que fazes pra teu amado, mas chegou a hora de declarar amor a si mesma, pois para que alguem nos enxergue e nos ame não basta termos valor singular, é preciso que esta singularidade seja exposta e perceptivel... Sigularidade por si so não basta é preciso demonstrar o valor da singularidade... Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo Nathy!
    "pra não me fazer chorar", nada ver, eu sei,deixa pra lá!
    Mas oq importa é q você me fez chorar novamente fazendo textos cada um mais lindos e mais profundos do que os outros!

    Te amo minha linda!

    Jéh Lopes

    ResponderExcluir