quarta-feira, fevereiro 02, 2011

Intimidades de um novo amor.! [2]

Ele estava brincando com tudo, não é possível que não percebesse o que ela sentia, ela o queria muito, muito, muito e dava pra ver, transparente do jeito que ela era todos os outros amigos já tinham percebido.
Será possível que ele nunca veria, que nunca pararia, isso explicaria a enorme necessidade de atenção dele que ela tinha, explicava a dependência dos abraços, a dependência das palavras, explicaria tudo.
Ela o amava e isso deveria bastar!
Deveria bastar porque ela precisava de um pouco mais de carinho, deveria bastar porque ele não saia da cabeça dela, deveria bastar porque era isso que deveria ser pra os dois, todo mundo diz.
Deveria bastar porque ela só sentia-se melhor perto dele e isso deveria ser recíproco, deveria ser, não é possível que não seja!
Que droga! Ela merece isso a menos, sim, deveria bastar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário