segunda-feira, março 07, 2011

-

Todos os dias acordo determinada  a te dizer o quanto você me doí, o quanto eu estou encharcada de você, o quanto eu preciso do teu ar para purificar meus pulmões, meu amor, você me doí de um jeito imenso, fere minhas entranhas, queima minha alma, ah, por quê você me doí tanto? 
Eu te quis tanto, me doei tanto, sonhei tanto, poderia ter sido diferente e nós não queimaríamos, sabe, às vezes você parece um isqueiro e eu uma garrafa de gasolina, só basta você perto de mim pra que eu exploda, TUDO, tudo meu amor, tudo em mim explode, e eu tento tanto, tenho tanto medo, mas não para nunca.
Eu ainda preciso muito de você.


Um comentário:

  1. Nossaaa
    Que textooo, doeuuu viuu?rs
    É bem o que vivo há meses...
    Lindo blog..

    ResponderExcluir