sábado, setembro 03, 2011

Liberdade, Pai.

Pai, empresta a chave do carro? Eu acordei com uma vontade absurda de conhecer o mundo, sabe? Sentir aquela liberdade, dá pra entender, pai?
Depois que eu me encontrar e ver se valeu a pena ter ficado "livre" te conto por onde andei,
To indo, pai.
Prometo que volto antes da meia noite.

Um comentário: